Os exames de Coronavírus detectam dois tipos de anticorpos, o IgM e o IgG e isso pode parecer confuso à primeira vista, mas o São Lucas esclarece para você:

IgM: Indica infecção na fase ativa, ou seja, que o indivíduo está com a doença na fase aguda.
IgG: Indica que o indivíduo teve contato com o vírus, mas não está com a doença ativa.
Importante: A SOROLOGIA sozinha, não nos permite definir diagnóstico e tratamento. É de fundamental importância, relacionar o resultado do exame, com informações de cada paciente por isso é essencial procurar auxílio médico.

IgM – | IgG – SUGERE que o paciente não tem COVID-19. Contudo também pode se tratar de um “falso-negativo”, quando o exame dá Negativo e a pessoa possui a doença. Isso é mais comum, quando o exame é feito antes do tempo correto, que deve ser a partir do 8 – 10 dias dos primeiros sintomas. Outra possibilidade são paciente que produzem baixo título de anticorpos;

IgM + | IgG – GERALMENTE significa infecção aguda, ou seja, o paciente está com a doença no momento do exame, a pelo menos 08 – 14 dias. Mas, também pode ser um “falso-positivo”, ou seja, o exame deu positivo, e o paciente não tem a doença, o que pode ocorrer em “reação cruzada”, com outras infecções. Por isso é sempre importante, consultar um médico para avaliar seu resultado;

IgM + | IgG +: Esse resultado, PODE INDICAR infecção aguda, a pelo menos 14 – 21 dias. Porém um erro muito comum, é achar que esse paciente ainda está transmitindo a doença, o que nem sempre é verdade. Dependendo do início dos sintomas e do quadro do paciente, pode ser apenas um IgM que persiste por mais tempo, por 04 a 07 semanas em média. Não se utiliza o resultado sozinho da sorologia para determinar a transmissão da doença;

IgM – | IgG + SIGNIFICA, nesse cenário, que o paciente já teve a doença (em média há mais de 25-30 dias) e desenvolveu anticorpos. Se o seu IgG não positivou, calma! Alguns estudos, tem mostrado pacientes que não positivam o IgG, mas ainda assim possuem anticorpos e estão imunes.

Atenção!
A realização de exames sem a correta indicação, e no momento errado, geram dúvidas, angústias e tratamentos incorretos. Portanto consulte sempre um médico ou Centro de Referência, antes de fazer esses exames.